Dicas

AR-CONDICIONADO

Como usar o ar condicionado

O ar condicionado, assim como uma geladeira, que tem o mesmo princípio de funcionamento (ver curiosidades técnicas), é uma bomba de calor que retira calor do interior do veículo pelo evaporador e o joga para fora através do condensador. Ambos são trocadores de calor (peças similares ao radiador do carro). O primeiro fica dentro do painel "absorvendo calor" e o segundo fica à frente do radiador, do lado de fora da cabine, jogando calor pra fora do veículo através do ar que passa por ele. No caso da geladeira o condensador fica na parte de trás desta e é aquela parte que esquenta (calor sendo retirado de dentro dela) onde se colocavam panos para secar.

Para que esta bomba funcione, é preciso que uma quantidade de calor seja absorvida do interior do veículo. Isto acontece quando o ar do interior da cabine passa pelo evaporador (peça responsável pelo resfriamento do ar). Como o ar perde calor para a superfície do evaporador, este sai pelos difusores do carro mais frio do que quando entrou, gerando assim uma sensação térmica agradável em dias quentes.

Assim sendo, quando a quantidade de calor no interior do carro é muito grande (como no caso em que o carro fica estacionado no sol) precisamos aumentar a quantidade de ar que vai trocar calor com o evaporador, e isto é feito aumentando a velocidade da ventilação. Fazendo isso, a quantidade de calor que é retirada do interior do veículo aumenta e a temperatura da cabine cai rapidamente. Assim que esta temperatura ficar mais agradável, devemos reduzir a velocidade de ventilação, pois diminuímos assim o ruído interno gerado pelo motor de ventilação.

Quando o dia não está tão quente, devemos ligar o ar condicionado e regular a temperatura do ar no controle (quente/frio) para que a temperatura da cabine fique o mais agradável possível.

Desembaçando os vidros do carro com o ar condicionado

O ar condicionado retira a umidade do ar da cabine do carro porque o evaporador, tal qual uma garrafa de bebida gelada, condensa água em sua superfície. Isto ocorre pois a peça está a uma temperatura inferior à do ar em contato com a mesma.

A queda da umidade relativa do ar da cabine facilita a rápida evaporação da água condensada nos vidros (vidros embaçados) que prejudica a visibilidade do motorista, desembaçando os vidros em questão de segundos.

Em dias frios e chuvosos, deve-se usar o ar condicionado regulando a temperatura do ar (botão quente/frio) para promover o desembaçamento dos vidros do veículo sem que a temperatura da cabine caia muito.

Não direcione o fluxo de ar diretamente ao seu corpo!

O objetivo do ar condicionado é resfriar a cabine do veículo e não o corpo dos passageiros, o que pode trazer prejuízos à saúde dos mesmos.

Portanto, devemos desviar o fluxo de ar dos nossos corpos. Caso o calor seja muito intenso, devemos aumentar a velocidade da ventilação.

Recirculação interna, uma boa opção

Existem duas posições de entrada de ar para o condicionador: captação de ar externo ou recirculação de ar interno.

A primeira pode ser interessante quando se está em uma viagem e temos certeza da boa qualidade do ar exterior.

Na cidade de São Paulo, por exemplo, a quantidade de fuligem presente no ar é muito grande. Pode-se perceber isto quando deixamos os móveis alguns dias sem limpar e esta fuligem se deposita na superfície dos mesmos formando uma camada de poeira preta. Isto acontece somente pela decantação deste material sobre os móveis com o ar parado. Imagine agora a quantidade de sujeira que pode se acumular no condicionador de ar, que suga um volume muito grande de ar de acordo com o tempo de funcionamento. Esta sujeira que se deposita no aparelho é a causadora do mau cheiro dos condicionadores de ar e é também responsável pelo entupimento do filtro de cabine.

Outro motivo para se utilizar a circulação interna de ar é a maior eficiência do aparelho, pois desta forma ele esfria o próprio ar do interior da cabine em vez de esfriar o ar externo que está muito mais quente, o que faz com que a temperatura da cabine do veículo caia muito mais rápido.

 
 

 
Copyright © Pitinin Mecânica e Auto-Elétrico - Todos os direitos reservados. | by Fabian Ramos