Dicas

FREIOS

O que é pastilha de freio?
É um componente do sistema de freio formado por uma placa metálica de fricção á base de resina, fibras sintéticas e partículas metálicas.

Quando verificar e substituir as pastilhas?
Alguns veículos vêm de fábrica com um dispositivo eletrônico de segurança que indica o fim da vida útil da pastilha. Em veículos sem esse dispositivo eletrônico, o desgaste da pastilha é indicado por uma forte ressonância.
De qualquer forma, é aconselhável checar as condições das pastilhas a cada 5.000 km e trocá-las quando chegarem a espessura de 2 mm. Para garantir um bom poder de frenagem, recomenda-se também que os discos sejam trocados. Após a troca das pastilhas, é aconselhável que o mecânico circule com o veículo e acione o freio diversas vezes, para que haja um pré-assentamento. As frenagens devem ser normais e o freio não deve ser acionado junto com o acelerador ou em velocidades muito altas. O assentamento só estará completo após, aproximadamente, 300 km rodados em perímetro urbano.

Qual é a diferença entre as pastilhas e lonas com ou sem amianto?
Por ser considerado um material poluente e nocivo à saúde, o amianto vem sendo substituído, no mundo todo, por um material alternativo que não prejudica nem o desempenho nem a durabilidade das pastilhas e lonas.

Faça a escolha certa!
Escolher lonas e pastilhas de freio levando-se em conta apenas o preço significa alimentar o mercado com produtos de baixa qualidade e até mesmo com material importado, inadequado às condições ou mal conceituado tecnicamente em suas próprias origens. Por isso, garanta a sua segurança usando somente produtos com qualidade reconhecida determinar a performance de um material de atrito só pela aparência é impossível.

 
 

 
Copyright © Pitinin Mecânica e Auto-Elétrico - Todos os direitos reservados. | by Fabian Ramos